Você sabe dizer quando se deve trocar as cordas de uma guitarra ou de um violão? Não? Então este post é para você!

Por que trocar as cordas do seu instrumento?

O encordoamento das guitarras – ou violões – é um dos aspectos mais negligenciados pelos guitarristas amadores. Contudo, um bom jogo de cordas pode ser a diferença entre o bom e o excelente guitarrista.

Conhecer todas as nuances de como as cordas podem afetar o tom e a tocabilidade de seu instrumento pode, sim, fazer muita diferença na forma como você toca e no som que você tira.

Os detalhes que devem ser analisados incluem o calibre, o tipo de material e o revestimento das cordas. Mas até mesmo os melhores e mais caros encordoamentos possuem prazo de validade.

Claro, não existe um prazo de validade propriamente dito. Contudo, é um fato que a qualidade das cordas – e, portanto, a qualidade do som – se deteriora com o tempo, principalmente para aqueles que tocam diariamente.

É essa degradação – e o quanto isso afeta o seu gosto pessoal – que determina com que frequência você deve trocar suas cordas antigas por novas.

Vejamos alguns cenários possíveis que determinam a troca do encordoamento.

Corda é uma questão de tom

Você já notou que o som do seu violão ou guitarra soa mais “brilhante” logo após a instalação de um jogo novo de cordas?

Isso ocorre porque toda a sujeira e demais contaminantes que se acumularam ao longo do tempo no jogo antigo não existem mais. Mas não se precipite. Tem quem goste do som estalado das cordas novas e tem quem curte o som mais fechado que só as cordas velhas podem entregar.

Porém, trocar as cordas apenas com base em como elas soam nem sempre é o melhor indicador. Afinal, som é uma questão de gosto – e gosto não se discute.

Quando a afinação dá “dó”

Existem outros indicadores de que o fim está chegando para as cordas do seu instrumento. Um deles é a afinação.

Se você está achando que sua guitarra não está mais tão afinada como antes, trocar as cordas poderá ser a solução.

A desafinação é ainda mais perceptível se você tiver problemas com as três primeiras cordas – a 1ª (mais fina, em regra afinada em Mi), a 2ª (geralmente afinada em Si) e a 3ª (normalmente afinada em Sol). Por mais que você gire as tarraxas à esquerda e à direita para encontrar a afinação ideal, os acordes simplesmente parecerem estranhos aos ouvidos. Isso significa que é hora de comprar cordas novas.

Putz… a corda quebrou!

Eu sei… se uma corda quebrar (ou estourar…) é óbvio que ela deve ser substituída. Mas será que todas as outras cordas também devem ser trocadas?

Bom, como eu disse antes, tudo é uma questão de gosto. Pessoalmente, acho estranho trocar apenas a corda quebrada se o jogo de cordas já tem alguns quilômetros rodados. O som fechado das cordas mais antigas não casa bem com o som mais brilhante da recém chegada. Nesses casos, prefiro trocar todas as cordas, a não ser que a quebra tenha se dado de forma precipitada logo após a instalação de um conjunto novo. Aí, é só trocar a bendita – maldita – corda e correr para o abraço.

Oxidação e corrosão das cordas

Assim como um carro, uma guitarra precisa ser mantida em boas condições. Isso significa trocar peças quebradas e cordas oxidadas.

Cordas excessivamente corroídas ou oxidadas fazem parecer que você está tocando arame farpado, sem falar que o tom soará morto e sem brilho algum.

Obs.: lavar as mãos antes de tocar evita que os óleos que naturalmente possuímos nos dedos e nas mãos passem para a corda, elevando a longevidade do encordoamento.

No fim, tudo depende de você

Sejamos sinceros: a maioria de nós só toca em casa ou em reuniões de amigos e familiares. Poucos são os guitarristas profissionais que tocam por horas e horas todos os dias. Portanto, tudo depende de você. Qual é o seu tom favorito? Com que frequência toca o seu instrumento? São essas as principais variáveis que ditam o momento certo de trocar as cordas da sua guitarra ou do seu violão.

Mais: como manter a sua guitarra sempre afinada.

#Tag:

Sobre o Autor

Guitarra Club

Bem-vindo ao Guitarra Club, um blog para os apaixonados pelo mundo dos instrumentos de cordas. Dicas, notícias e testes para guitarra, baixo e outros.

Ver Todos os Artigos